live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus (AM) – “Por se tratar de um dos maiores corredores viários da cidade, tivemos que atuar em conjunto, conforme determinou o prefeito David Almeida, de modo que a obra cause o menor transtorno possível ao trânsito na capital”, afirmou Renato.A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), trabalha em projeto estratégico para execução das obras na avenida Djalma Batista. Na manhã desta terça-feira, 7/2, o secretário de Obras, Renato Junior, se reuniu com o diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, para definir as opções de rotas alternativas durante os trabalhos no trecho desnivelado, que será interditado.

Continua depois a Publicidade

“Já definimos que será realizada a interdição do trecho. Nós, do IMMU, faremos os desvios necessários, colocaremos os agentes de trânsito no local para orientar a população. As linhas de ônibus também sofrerão algumas mudanças em seus itinerários. Tudo será feito para que a obra seja executada o mais rápido possível e as mudanças não impactem tanto a vida da população, como salientou o prefeito David Almeida”, esclareceu Paulo Henrique Martins.

A obra na avenida Djalma Batista receberá o apoio do IMMU. Os agentes de trânsito vão mediar a passagem de veículos e pedestres e orientar sobre as rotas de fuga.

Renato explica que a obra é de emergência e servirá para recuperar uma rede de drenagem profunda, no trecho da avenida que passa sobre o igarapé do Bindá. “Vamos interditar os dois sentidos da via”, disse.

Conforme o secretário de Obras, os trabalhos devem iniciar no período do Carnaval. “É quando o fluxo de veículos diminui consideravelmente e a gente espera, dessa forma, que os impactos sejam mínimos no trânsito”, ressaltou.

No último domingo, 5/2, as equipes realizaram um trabalho paliativo, a fim de conter uma cratera que se abriu na via. As equipes iniciaram planejamento para a execução de obra definitiva de troca de uma linha da tubulação, do tipo ármico, que passa pelo local.

Sobre a obra

“A antiga rede drenagem que passa por aqui rompeu no tubo ármico, que tem mais de 25 anos. A orientação do prefeito David Almeida é que façamos uma nova linha de drenagem, com tecnologia de ponta, moderna e que proporcione segurança ao fluxo intenso da via. Para a execução da obra, precisaremos isolar a área. Estamos montando uma força-tarefa, avisando a população antecipadamente, para tentar dirimir os danos e os transtornos causados por essa intervenção”, explicou Renato Junior.

“O problema é crônico e foi negligenciado pelas antigas gestões. O que ocorre é que a via precisa de uma grande intervenção, bem mais complexa que a realizada no último domingo”, salienta o secretário de Obras.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.
Google News Siga o Remador no Google News!