live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus –

Continua depois a Publicidade

As desembargadoras Nélia Caminha Jorge e Joana Santos Meirelles foram eleitas por aclamação nesta terça-feira, 8, presidente e vice-presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), respectivamente, para o próximo biênio 2023-2024. Pela primeira vez em sua história, o órgão judiciário vai ser comandado por mulheres.

A eleição aconteceu durante a sessão do Tribunal Pleno, quando também foram escolhidos os demais cargos que ficarão no comando do TJAM pelos próximos dois anos. Os eleitos vão tomar posse no dia 2 de janeiro de 2023.

Com a desistência dos desembargadores Lafayette Vieira, Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, Airton Luís Corrêa Gentil e Cézar Luiz Bandiera, Nélia Caminha foi aclamada presidente. O cargo de corregedor geral ficou com o desembargador Jomar Ricardo Saunder Fernandes.

A partir de 2023, será a primeira vez que a administração do TJAM inicia uma gestão em janeiro, pois anteriormente a posse ocorria somente em julho. Para agilizar essa adequação foi levado em consideração o princípio da eficiência na Administração Pública e a melhor aplicação da Lei Orçamentária quando realizada de forma simultânea ao exercício financeiro que inicia no começo do ano.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.

Diretor de Jornalismo | MTB 1697/AM | E-mail: jornalismo@remador.com.br Especializado em Política com cobertura dos bastidores da polítca no Amazonas.

Google News Siga o Remador no Google News!