live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus (AM) – Arte milenar, passada de geração em geração, a pintura corporal com grafismos étnicos aplicados por Thaís Kokama, chamou a atenção de quem esteve no estande da Prefeitura de Manaus, no 2º Festival Amazonas de Turismo, que iniciou nesta sexta-feira, 25/11, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCAVV).

Continua depois a Publicidade

Com o objetivo de promover o turismo cultural de nossa cidade, o estande de 18 metros quadrados, coordenado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), está apresentando os principais roteiros turísticos da cidade; a diversidade gastronômica; os megaeventos que compõem o calendário festivo da cidade e, principalmente, nossa ancestralidade.

Para o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, é obrigação do gestor garantir que a diversidade étnica seja preservada e repassada às gerações futuras.

“Nossa história cultural é muito rica e os povos originários são guardiões dos saberes e fazeres que nos trouxeram até aqui. Ficamos honrados quando Thaís disse sim ao nosso convite. Suas pinturas trazem mais que simbologias: carregam afeto, resistência e alimento para a alma”, concluiu Alonso Oliveira.

O diretor-presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio, destacou que o evento coroa um ano de grandes feitos no turismo do estado do Amazonas.

“Esse ano expandimos a malha aérea interna, reduzimos o ICMS da gasolina da aviação e estamos realizando obras de infraestrutura importantes para o turismo do estado”, pontuou Sampaio.

A segunda edição do Festival Amazonas de Turismo, segue até às 21h deste sábado, 26/11. A entrada é gratuita e a pintura corporal é um presente da Manauscult para quem visitar o estande da prefeitura no local.

“Nós somos força e resistência. E cada pintura que a gente faz, tem um significado. E é muito importante saber o significado desse presente”, comentou Thaís Kokama, artista e professora indígena.

Encantada com o significado do grafismo que escolheu, a estudante do curso de turismo, Luana Souza, 19 anos, ressaltou a importância da realização de mais eventos que proporcionem experiências culturais.

“Eu acho que isso aqui pode ser uma forma de valorização da nossa cultura e da cultura indígena também. E que as pessoas deveriam vir aqui, para poder prestigiar tudo isso. Por que é muito bom, é muito bom mergulhar em toda a nossa cultura. Eu recomendo”, avaliou Luana.

Também participaram da abertura, os prefeitos dos municípios de Novo Airão, Frederico Júnior; e Rio Preto da Eva, Anderson Souza; o deputado estadual Tony Medeiros; e representantes de entidades e associações ligadas ao turismo e cultura.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.

Diretor de Jornalismo | MTB 1697/AM | E-mail: jornalismo@remador.com.br Especializado em Política com cobertura dos bastidores da polítca no Amazonas.

Google News Siga o Remador no Google News!