fbpx
live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus / AM – O deputado estadual Sinésio Campos (PT), foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) nesta sexta-feira (9) a devolver R$ 229 mil aos cofres públicos. Foram encontradas irregularidades na prestação de contas da campanha do parlamentar nas eleições 2022.

Continua depois a Publicidade
Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!

Sinésio foi reeleito deputado estadual com 38.482 votos sendo Manaus com maior número de votos 13.422 e o bairro de São José Operário foi onde ele obteve maior votação com 1.219 a frente da Cidade Nova onde Sinésio teve 1.131 votos. No Interior São Gabriel da Cachoeira deu a maior votação para o petista com 7.007 votos e a Zona Rural Índigena lhe deu a maioria dos votos com 4515 votos.

O relator desembargador, Victor Liuzzi, acatou a denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) que identificou a ausência de comprovante de recolhimento das sobras financeiras de campanha relativas as despesas com impulsionamento de conteúdos, no valor de R$ 466,23.

Também foram verificados problemas no fretamento de aeronaves com recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). De acordo com o relatório não foram apresentados os itinerários dos voos e não foram comprovados que os passageiros da aeronave tinham vínculo com a campanha de Sinésio. A despesa desta tipo totaliza R$145.899,00.

Outro gasto questionado foi R$ 80 mil em publicidade e R$ 3,6 mil com despesa de pessoal. Segundo Luizzi, o deputado sequer apresentou as despesas.

 A assessoria de Sinésio Campos informou que o parlamentar não se manifestou sobre o caso até o momento.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Compartilhe esta notícia
Google News Siga o Remador no Google News!
Portal Remador
Copyright© 2019 – 2024 | Portal Remador | Todos os direitos reservados