live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus (AM) – Iniciado na última sexta-feira (3), o MBA em Relações Institucionais e Compliance oferecido pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), por meio da Escola de Contas Públicas (ECP), é voltado a servidores públicos de diversas instituições do estado.

Continua depois a Publicidade

O objetivo principal é levar conhecimento da área à administração pública, qualificando servidores para uma boa gestão.

Sendo uma pauta muito difundida pela gestão do conselheiro-presidente Érico Desterro, o compliance oferece às empresas e instituições públicas padrões de condutas que priorizem o cumprimento de leis, normas e regras. De acordo com o presidente, oferecer esse tipo de qualificação pode aprimorar ainda mais o serviço público oferecido no Amazonas.

“Oferecer uma pós-graduação MBA já foi uma grande conquista do Tribunal de Contas do Amazonas, mas poder oferecer, já em sua primeira turma, com a temática atual, é de uma grande felicidade. Sabemos da importância do compliance para uma administração correta e eficaz, e como órgão instrutor e punitivo, precisamos ser parte ativa nesse processo de difusão da temática para as demais instituições amazonenses”, destacou o presidente da Corte de Contas, conselheiro Érico Desterro.

Qualificação da Escola de Contas

Para ofertar o curso de pós-graduação MBA, a Escola de Contas Públicas do TCE-AM precisou passar por uma qualificação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). A conquista alcançada sob a gestão do coordenador-geral, conselheiro Mario de Mello, certificou a instituição de ensino do Tribunal como apta a oferecer esse tipo de formação.

“A Escola de Contas preza pelo ensino, educação e orientação. A qualidade dos cursos ofertados já é conhecida, mas precisávamos dar um passo a mais para ampliar os horizontes da administração pública no Amazonas”, destacou o coordenador-geral da ECP, conselheiro Mario de Mello.

A turma atual do MBA em Relações Institucionais e Compliance conta a participação de servidores de órgãos como TCE-AM, Tribunal Regional do Trabalho, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública Estaduais, além de servidores da Prefeitura de Manaus, da Câmara Municipal de Manaus e do Governo do Estado.

O curso é realizado em parceria com a Faculdade Autônoma de Direito (Fadisp) e o Centro Universitário Alves Faria (Unialfa), e tem duração de 18 meses. Na modalidade híbrida, 80% das aulas são realizadas presencialmente e 20% online, totalizando 416 horas de carga.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.

Diretor de Jornalismo | MTB 1697/AM | E-mail: jornalismo@remador.com.br Especializado em Política com cobertura dos bastidores da polítca no Amazonas.

Google News Siga o Remador no Google News!