live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus (AM) – A semana do carnaval está começando e, para garantir a segurança e a diversão da sociedade, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) destaca quais são os crimes mais comuns nesta época e orienta as pessoas sobre como ter um carnaval mais seguro.

Continua depois a Publicidade

O delegado Jander Mafra, titular do 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), disse que a maior incidência deste período é o crime de furto de celulares, e ocorre quando as vítimas estão em um momento de distração, curtindo as festas carnavalescas, e alguém se aproveita para subtrair o bem material destas pessoas.

“A orientação é que os foliões não deixem seus telefones às vistas de terceiros. É necessário manter a discrição quanto ao mesmo durante os festejos. Ou, se preferirem, o celular pode ser deixado em casa, para curtir a festa com tranquilidade”, disse.

O delegado Marcelo Martins, titular do 24º DIP, ressalta que nas festas de carnaval também podem ocorrer brigas generalizadas, que geralmente são causadas por ingestão de bebidas alcoólicas além do limite.

“Muitas pessoas vão às bandas e blocos de carnavais para se divertir, sem necessidade de ingerir álcool, entretanto, há quem opte por fazer o uso deste material. Isto acaba gerando desentendimento entre um ou mais indivíduos e, como consequência, o crime de lesão corporal. Por isso, é necessário ter cautela neste tipo de ambiente, para evitar situações como essa”, falou.

A delegada Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) – Centro-Sul, fez um alerta para os crimes sexuais que poderão ocorrer nos festejos carnavalescos.

“Um deles é o de importunação sexual, e ocorre quando algum indivíduo toca no corpo da vítima sem a permissão dela. Outro crime muito contumaz nesta época é o estupro de vulnerável, ocasião em que o infrator se aproveita do fato da mulher estar sob efeito de bebida alcoólica, para consumar o abuso sexual”, falou.

Além dessas duas práticas criminosas, a delegada explicou que outro ato criminoso é o estupro, que o indivíduo usa a violência e a grave ameaça, para forçar a mulher a ter relações sexuais com ele.

Registro de ocorrência

As autoridades policiais reforçam que, caso alguém venha sofrer algum dos crimes mencionados, é necessário procurar a unidade policial mais próxima do local do fato, para que as devidas providências sejam tomadas.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.

Diretor de Jornalismo | MTB 1697/AM | E-mail: jornalismo@remador.com.br Especializado em Política com cobertura dos bastidores da polítca no Amazonas.

Google News Siga o Remador no Google News!