live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus (AM) – A justiça estadual informou, nesta quinta-feira (5), que concedeu liberdade provisória a mãe suspeita de asfixiar a filha de 6 anos em Manaus. A criança morreu no Hospital Joãozinho, na Zona Leste.

Continua depois a Publicidade

O crime aconteceu na segunda-feira (2), na Zona Norte da capital. Em depoimento à Polícia Civil, a mulher, que tem 23 anos de idade, confessou que asfixiou a criança e atribuiu o crime a depressão. Além da morte, a Polícia Civil investiga se a menina sofreu abuso sexual.

Nesta quinta, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) disse ao g1 que concedeu liberdade provisória à mãe. A decisão, assinada na quarta-feira (4), seguiu parecer do Ministério Público do Amazonas (MPAM). A medida é passível de recurso.

A justiça determinou que a mulher cumpra as seguintes medidas cautelares. Conforme a decisão, ela está proibida de se ausentar de Manaus e de mudar de endereço sem comunicar a justiça.A mulher também é obrigada a se apresentar mensalmente à vara onde o processo tramitará.

De acordo com o Tribunal de Justiça, como a vítima era menor de idade, o processo vai tramitar em segredo de justiça. 

“A investigada responderá a processo em uma Vara Criminal”, afirmou o TJAM.-feira (2), na Zona Norte da capital. Em depoimento à Polícia Civil, a mulher, que tem 23 anos de idade, confessou que asfixiou a criança e atribuiu o crime a depressão. Além da morte, a Polícia Civil investiga se a menina sofreu abuso sexual.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.
Google News Siga o Remador no Google News!