live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Manaus (AM) – No Amazonas, durante o ano de 2022, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) trabalhou em diversos empreendimentos no estado. Na BR-319/AM, o DNIT iniciou as obras de pavimentação e reconstrução do lote C, entre o km 198 e o km 250.

Continua depois a Publicidade

Já no trecho do meio (km 250 ao km 650), a Autarquia continuou avançando no processo de licenciamento ambiental das obras de reconstrução e pavimentação do segmento. Com objetivo de garantir à população do Norte o direito de ir e vir – uma vez que a rodovia é hoje a única ligação rodoviária de Manaus (AM) e Porto Velho (RO) com o restante do Brasil – a Autarquia obteve a Licença Prévia (LP) que atesta a viabilidade ambiental do empreendimento e estabelece requisitos básicos e condicionantes a serem atendidos na próxima fase do licenciamento.

As rodovias federais do Amazonas sob jurisdição do DNIT também receberam melhorias ao longo de 2022, realizadas por meio de serviços de manutenção rodoviária. Os trabalhos de conservação e recuperação, viabilizados por contratos ainda vigentes, garantiram maior trafegabilidade às rodovias BR-174/AM, BR-230/AM, BR-307/AM, BR-317/AM e BR-319/AM.

Infraestrutura aquaviária – No primeiro semestre, a Autarquia retomou as operações da IP4 de Careiro da Várzea. O retorno das atividades é um marco para a região, uma vez que facilita o acesso fluvial ao município e melhora o escoamento de mercadorias e produtos para as comunidades locais, além de garantir mais segurança e conforto no atendimento à população.

A Instalação Portuária Pública de Pequeno Porte (IP4) localizada em Careiro da Várzea estava fora de operação desde setembro de 2021 – devido ao assoreamento no talude e na rampa de concreto – e teve o funcionamento restabelecido após a forte atuação da Autarquia neste ano.

Ainda no modal aquaviário, o DNIT concluiu as obras de construção da IP4 de Anori. A estrutura, que já está em operação, está localizada no interior do Estado do Amazonas e distante 234 km da capital, a oeste de Manaus. É o terceiro município mais populoso da microrregião. O valor investido para construção foi de R$ 17 milhões.

Já em Parintins, as equipes da Autarquia realizaram a recuperação e substituição dos cascos metálicos de fundo e laterais da IP4 do município. Agora, o DNIT aguarda autorização da Capitania dos Portos para transporte dos 3 módulos de volta para Parintins. Após a montagem, a Instalação Portuária Pública

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.
Google News Siga o Remador no Google News!