live_tvINSCREVA-SE NO REMADOR TV
Google News Siga o Remador no Google News
Google News Siga o Remador no Google News!

Após o ministro Alexandre de Moraes limitar o contato do ex-deputado Roberto Jefferson com seus advogados, o Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que garanta as prerrogativas da defesa do ex-parlamentar.

Continua depois a Publicidade

“A OAB reconhece a gravidade dos atos de Roberto Jefferson, tanto que foi determinada a abertura de um processo ético-disciplinar que pode até mesmo cassar o registro dele na OAB. No entanto, todas as pessoas têm direito a uma defesa qualificada, o que implica poder ser visitado, no estabelecimento prisional, por suas advogadas e advogados”, disse o presidente nacional da OAB, Beto Simonetti,

Na petição, a OAB afirma que é público e notório que Jefferson teve sua prisão domiciliar convertida em preventiva e que ele é advogado regularmente inscrito na OAB-RJ. Na decisão que restabeleceu a prisão cautelar, o ministro determinou que o denunciado fica “proibido de conceder qualquer entrevista ou receber quaisquer visitas no estabelecimento prisional, salvo mediante prévia autorização judicial por este Supremo Tribunal Federal, inclusive no que diz respeito a líderes religiosos, familiares e advogados”.

Jefferson também gravou e publicou um vídeo com ataques pessoais e mentiras contra o presidente nacional da OAB, o que motivou o Conselho Pleno e os colégios de presidentes das Seccionais e das Caixas de Assistência a manifestarem apoio e reconhecimento a Simonetti pela forma “firme, serena e apartidária” com que conduz o Conselho Federal da Ordem.

O Caso 

Em um vídeo, publicado na última sexta-feira (21), Roberto Jefferson distribuiu ataques e xingamentos à ministra Cármen Lúcia, por ela ter votado para punir uma emissora pelas declarações falsas contra Luiz Inácio Lula da Silva, candidato pelo PT à Presidência da República.

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou na noite deste domingo (23) que o ex-deputado se rendeu à Polícia Federal. Em um primeiro momento ele resistiu à prisão na manhã de domingo quando policiais federais estiveram em sua casa e disparou contra eles.

Instagram Box
×

Siga-nos no Instagram e fique por dentro das últimas notícias!

message Siga Agora!
Share.

Diretor de Jornalismo | MTB 1697/AM | E-mail: jornalismo@remador.com.br Especializado em Política com cobertura dos bastidores da polítca no Amazonas.

Google News Siga o Remador no Google News!